Sonda lambda planar ou convencional?


 

“Eu posso usar uma sonda lambda planar nos veículos que fazem uso da sonda lambda comum (de 4 fios)?”

Provavelmente você já pensou se pode substituir as sondas, ou seja, colocar uma sonda lambda planar em um veículo que originalmente utilizava uma sonda lambda de 4 fios comum, convencional. Mas será que é possível fazer essa substituição das sondas? O sistema vai funcionar perfeitamente? Continue lendo esse post até o final e saiba a resposta, ou assista o vídeo abaixo.

Essa dúvida foi deixada por um inscrito no canal do YouTube da Doutor-IE. Você ainda não se inscreveu? Clique aqui e recebe os vídeos em primeira mão.

A resposta

Não é aconselhável. A sonda lambda planar e a convencional têm características construtivas diferentes, principalmente na parte do aquecedor.

Na sonda lambda planar o elemento sensor (elemento cerâmico de zircônia) é aquecido muito mais rápido. Além disso, nos veículos que saem de fábrica com sonda lambda planar o sistema de injeção eletrônica começa a levar em consideração o sinal da sonda muito mais cedo, ou seja, ele começa a corrigir a quantidade de combustível dosada antes, isso reduz o consumo de combustível e o nível de emissões durante a fase fria do motor.

Se você efetuar a instalação de uma sonda lambda planar em um veículo que originalmente utilizava uma sonda lambda convencional, você não vai, necessariamente, estar tornando o sistema de injeção mais eficiente. Em alguns casos, pela própria estratégia de funcionamento do sistema dos veículos que saem de fábrica com sonda lambda comum (convencional), o sistema de injeção eletrônica vai se comportar de maneira diferente dos veículos que saem de fábrica com uma sonda planar.

Ou seja, o sistema de injeção eletrônica desses veículos que saem de fábrica com uma sonda lambda comum só vai levar em consideração o sinal da sonda para corrigir a quantidade de combustível dosada depois que o motor atingir a temperatura operacional.

Saiba mais sobre sonda lambda em outro post aqui do blog.

Diferenças entre os sinais de controle dos aquecedores

Existe uma diferença entre o sinal de controle do aquecedor de uma sonda lambda planar e do controle do aquecedor de uma sonda lambda convencional.

Na sonda lambda planar o aquecedor é controlado através de um sinal PWM, enviado pela unidade de comando do motor. Na sonda lambda convencional, geralmente o aquecedor é acionado através de tensão de bateria, vindo de algum relé do sistema de injeção.

Dessa forma, se você efetuar a instalação de uma sonda lambda planar em um veículo que originalmente utilizava uma sonda lambda convencional, você não vai ter esse controle PWM vindo da unidade de comando. Além disso o aquecedor da sonda lambda planar instalada vai ficar acionado direto, o que pode danificar o sensor ou reduzir a vida útil dessa sonda instalada.

Resumindo, instale sempre o sensor recomendado para o veículo. Utilize sempre a peça de aplicação correta para o veículo que você estiver efetuando a manutenção.


Se você quiser enviar uma pergunta, responda nos comentários aqui do blog ou do vídeo no Youtube com a hashtag #doutorieRESPONDE. A nossa equipe vai analisar as dúvidas e trazer as respostas nas próximos vídeos.

Você também pode utilizar o link abaixo para enviar sua dúvida:
https://material.doutorie.com.br/doutorieresponde

 

Quer ter acesso a mais conteúdos sobre a Sonda lambda?
Conheça a Enciclopédia Automotiva Doutor-IE Online!