Ford Ka 3 Cilindros – Código de falha P0562

Código P0562 – Tensão baixa da bateria do Ford Ka 3 Cilindros. O que pode ser?


 

Assista o vídeo ou leia o conteúdo completo sobre o código de falha P0562 – Tensão baixa da bateria no Ford Ka 1.0 12V TiVCT Flex! O conteúdo é parte de uma live com o Suporte Técnico da Doutor-IE.

Inscreva-se no canal da Doutor-IE no YouTube e acompanhe as melhores dicas de reparação automotiva!

Veículo:

  • Ford Ka 1.0 12V TiVCT Flex 80/85cv (XNKA)/EMS 2301 – ano 2017

Detalhes do caso:

  • O veículo chega na oficina com o código de falha P0562 – Tensão baixa da bateria gravado na memória da UCE;
  • Nenhum defeito ou sintoma de defeito é constatado, o veículo opera normalmente, o que torna este defeito um tanto curioso.

Para entender mais sobre os códigos de falhas, temos um conteúdo exclusivo.

Observações:

  • Este não é um caso isolado, o defeito já aconteceu com alguns dos nossos clientes. Diversas tentativas foram realizadas para resolver o problema antes de acionar o Suporte Técnico da Doutor-IE. Como exemplo de tentativas, destacam-se a troca do alternador e a troca da UCE do motor, ambas sem sucesso.

Análises do defeito:

  • Ao fazer as leituras dos níveis de tensão da bateria, não se encontram anormalidades nos valores obtidos. Ou seja, o defeito não é por conta de tensão baixa na bateria;
  • Com o veículo em marcha lenta, mede-se a tensão entre os polos positivo e negativo da bateria. Em um dos casos o valor de tensão obtido foi de 13,60VDC;
Teste de tensão nos polos da bateria.
Teste de tensão nos polos da bateria.
  • Ainda com o veículo em marcha lenta, mede-se a tensão entre o polo positivo da bateria e a carcaça do motor;
Teste de tensão entre o polo positivo da bateria e a carcaça do motor.
Teste de tensão entre o polo positivo da bateria e a carcaça do motor.
  • Nota-se uma significativa diferença entre os valores medidos. Neste caso, entre o positivo da bateria e a carcaça do motor a tensão era maior;
  • Um veículo com o motor em marcha lenta e em condições normais, as medições abaixo teriam que apresentar aproximadamente o mesmo valor:
    • Tensão entre os polos negativo e positivo da bateria;
    • Tensão entre o polo positivo da bateria e a carcaça do motor;
    • Tensão entre o terminal de saída da tensão gerada pelo alternador e sua carcaça (o alternador é aterrado na carcaça do motor);
  • Quando há uma diferença nos valores de tensão entre estas medições, pode existir algum problema de aterramento no veículo. Neste caso, o problema estava no aterramento da transmissão;
  • No Ford Ka 1.0 3 Cilindros há um aterramento que vai da transmissão para uma das longarinas do chassi. Por conta das trepidações do motor 3 cilindros, o parafuso que faz a fixação do cabo (lado da transmissão) afrouxa e o conjunto motor/transmissão perde a referência de aterramento, que nada mais é que o polo negativo da bateria, explicando o porquê da diferença entre os valores de tensão medidos.
Cabo de aterramento da transmissão.
Cabo de aterramento da transmissão.

Solução encontrada:

  • Reaperto do parafuso de fixação do cabo de aterramento da transmissão do veículo;
  • Recomenda-se utilizar cola de parafuso (trava rosca) para evitar que afrouxe novamente.

Dica adicional:

  • Em um dos casos o reparador utilizou um dispositivo muito conhecido, chamado de testador de bateria, para verificar as condições da bateria do veículo. Este dispositivo aplica uma carga elevada à bateria, efetua a leitura dos parâmetros e cabe ao operador analisar os valores;

 

Exemplo de testador de bateria.
Exemplo de testador de bateria.
  • Mesmo sendo um bom teste, nos veículos mais modernos precisa-se ter cuidado com o uso. Como os veículos estão cada vez mais equipados com eletrônica embarcada, a bateria destes veículos tem papel fundamental no funcionamento dos sistemas. Já houve casos em que, por descuido, este teste foi feito com todas as centrais conectadas, chave de ignição ligada e componentes do veículos, como a UCE do motor, foram danificados;
  • Para realizar testes em baterias de veículos mais modernos, recomenda-se o uso de aparelhos digitais que não submetem a bateria ao “estresse” na hora do teste.
Analisador de bateria digital.
Analisador digital de bateria.