O QUE É O ARLA 32?


Saiba os princípios que envolvem o ARLA e o sistema de pós-tratamento, entenda a reação química e aprenda a verificar a concentração e contaminação do aditivo.

O Arla 32 é uma solução de ureia e água desmineralizada utilizada como reagente pelo sistema de redução catalítica. Em condições normais, o reagente Arla 32 é uma substância inodora e incolor, ou seja, não possui cheiro nem coloração característica.

A nomenclatura ARLA consiste em uma sigla oriunda de Agente Redutor Líquido Automotivo e o número 32 advém da concentração de 32,5% de ureia na solução. Com o intuito de diminuir o percentual de óxidos de nitrogênio (NO, NO2, etc.), substâncias tóxicas presentes nos gases de escape dos motores a combustão, o Arla 32 é pulverizado diretamente na tubulação do escapamento, reagindo quimicamente com a fumaça residual do processo de combustão do motor.

A reação química ocorre em duas etapas descritas a seguir:

1ª Etapa - Hidrólise do Arla 32

Durante o processo de injeção do reagente, com o motor em temperatura operacional, o reagente Arla 32 em contato com as moléculas de água, sofre o processo de hidrólise. A hidrólise é uma reação química onde, em contato com água, as moléculas de ureia (NH2)2)CO) tem suas ligações químicas rompidas originando outro composto químico, neste caso, a amônia (NH3).

(NH)2)CO [ureia] + H2O [água] → 2NH3 [amônia] + CO2 [gás carbônico]

2ª Etapa - Redução de NOx

Dentro do catalisador, as moléculas de amônia, originadas na hidrólise do Arla 32, reagem com os óxidos de nitrogênio. Como produto dessa reação obtêm-se nitrogênio puro e vapor d´água, substâncias inofensivas, normalmente encontrada no ar atmosférico. A reação química de eliminação do óxido nítrico (NO) é apresentada a seguir.

4NH3 [amônia] + 4NO [óxido nítrico] + O2 [oxigênio] → 4N2 [nitrogênio] + 6H2O [vapor d’água]

Outras substâncias tóxicas são eliminadas de forma semelhante ao óxido nítrico (NO).

 

CARACTERÍSTICAS DO ARLA 32

Para garantir maior eficiência do sistema de redução catalítica, é de suma importância que o reagente seja mantido dentro de algumas condições de armazenamento, a fim de evitar que o Arla 32 perca suas propriedades físico-químicas.

Temperatura de armazenamento

O Arla 32 deve ser mantido sob temperatura controlada, entre -11º C e 35ºC.

  • Se a temperatura estiver abaixo do valor operacional, pode ocorrer a cristalização do reagente.
  • Caso a temperatura estiver acima de 35ºC, pode ocorrer a hidrólise prematura do Arla 32.

Concentração de ureia

  • É essencial que o reagente apresente a concentração ideal de ureia. Sempre que a concentração estiver diferente de 32,5%, pequenas variações de temperatura podem comprometer a qualidade do Arla 32.
  • Para concentrações abaixo da especificada (solução hipotônica) o Arla 32 apresenta a formação de cristais de gelo e ureia mesmo que esteja na temperatura ideal.
  • Caso a solução esteja hipertônica, ou seja, apresente concentração acima de 32,5%, o reagente também pode apresentar cristalização, independente da temperatura.

A concentração de ureia pode ser facilmente visualizada com o auxílio de um refratômetro. O refratômetro é um instrumento óptico utilizado para medir o índice de refração de uma substância translúcida. Através dele é possível determinar a concentração de uma substância dissolvida em outra.

Como calibrar o refratômetro

  • Limpar a lâmina do refratômetro com um pano limpo.
  • Com o auxílio de uma pipeta colocar uma amostra contendo algumas gotas de água sobre a lâmina do refratômetro.arla32-concentracao-ureia-01
  • Verificar o nível concentração indicado pelo aparelho


Girar o parafuso de ajuste até que o nível mostrado indique nível ZERO, na escala aparelho.

 

Verificação da Concentração de Ureia no Arla 32

  • Certifique-se que a lâmina do refratômetro esteja limpa e o aparelho devidamente calibrado.
  • Com o auxílio de uma pipeta, colocar uma amostra contendo algumas gotas de Arla 32 sobre a lâmina do refratômetro.

arla32-concentracao-ureia-01

  • Verificar o nível concentração indicado pelo aparelho.
  • Caso a substância esteja em condições aceitáveis de utilização, o refratômetro deve indicar valores de concentração entre aproximadamente 30% e 35% de ureia.

É indispensável a utilização de Arla 32 de boa qualidade para garantir maior vida útil do reagente e de todo o sistema de pós-tratamento. A análise com o refratômetro é o modo mais eficaz de detectar adulteração na concentração de ureia no reagente Arla 32.

O vídeo abaixo demonstra como efetuar o procedimento do teste.

CONTAMINAÇÃO DO ARLA 32

Para o funcionamento ideal do sistema de pós-tratamento, o reagente Arla 32 não pode estar contaminado. Substâncias presentes no interior dos motores a combustão (como gasolina, óleo diesel, lubrificantes sintéticos, semi-sintéticos e minerais) são as impurezas mais facilmente encontradas no reagente contaminado. Essas substâncias derivadas de petróleo, compostos basicamente por carbono e hidrogênio, são denominadas hidrocarbonetos.

Um método simples para identificação da presença dessas impurezas no Arla 32 é o teste com fita reagente descrito abaixo. A fita reagente é específica para o teste de contaminação do Arla 32 é comercializada por especialistas da área.

Como aplicar o teste de contaminação do Arla 32

  • Mergulhar a fita de teste na amostra de Arla 32 a ser analisada
  • Deixar a fita parcialmente imersa na amostra por alguns segundos.

  • Retirar a fita da amostra e verificar a umidificação da fita.
  • Caso o reagente esteja livre de contaminação por hidrocarbonetos, a fita retirada da amostra deve manter-se impermeável.

  • Caso o reagente esteja contaminado por hidrocarbonetos, a fita retirada da amostra deve apresentar aspecto de "papel molhado".

A contaminação por hidrocarbonetos é uma das causas principais de mau funcionamento dos sistemas de pós-tratamento. O teste com fita reagente é a maneira mais simples de identificar a presença dessas substâncias no Arla 32.

O vídeo abaixo demonstra como efetuar o procedimento do teste.

Quer ter acesso a mais conteúdos sobre ARLA 32?
Conheça a Enciclopédia Automotiva Doutor-IE Online!